terça-feira, 30 de agosto de 2016

'Câmara de Sintra não chega a acordo sobre Orçamento Participativo'

No PÚBLICO: "A Câmara de Sintra chumbou esta terça-feira uma moção que propunha a criação de uma rubrica de orçamento participativo no orçamento do município para 2017. A sugestão do Movimento Independente Autárquico Sintrenses com Marco Almeida não foi aceite pelo PSD e pela maioria socialista liderada por Basílio Horta, que acusa o movimento de “aproveitamento político” embora sublinhe que, apesar de rejeitar os moldes da proposta, está disponível para negociações. Na moção disponibilizada pelo movimento Sintrenses com Marco Almeida e apresentada esta terça-feira durante a reunião de câmara, o orçamento participativo é descrito como uma “ferramenta de partilha das decisões para reconstruir a confiança dos cidadãos na política e nas instituições”. [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.