sábado, 24 de outubro de 2020

'Autarca e dirigente do PS de Sintra condenados por ludibriarem junta de freguesia'

No PÚBLICO: "O presidente da União de Freguesias de Sintra e um dirigente local do PS foram condenados esta sexta-feira em tribunal a penas suspensas por terem celebrado contratos de prestação de serviços fraudulentos com uma jornalista da Rádio Renascença. O autarca já decidiu que irá recorrer da sentença. A acusação envolvia ainda abuso de poder, mas os arguidos que podiam ter sido sentenciados por este delito foram absolvidos por ele ter prescrito. Ao contrário do que pedia o Ministério Público, os arguidos não foram inibidos do exercício de funções públicas pelo tribunal." [notícia integral

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.