quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

'GNR riu-se com hipótese de cadáver estar em casa'

No Diário de Notícias: "Aida Martins, de 82 anos, lutou durante nove anos para saber o que aconteceu à vizinha que, sábado, faria 96 anos e que ela acreditava estar morta em casa, na Rinchoa, Sintra." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.