quarta-feira, 21 de agosto de 2013

'Burocracia ameaça ingresso de gémeas no Ensino Superior'

No Jornal de Notícias: "As duas gémeas de Massamá, Sintra, que, no início de julho, perderam as cadeiras de rodas elétricas num incêndio da carrinha da família, estão em risco, segundo a família, de falhar a candidatura à faculdade por falta dos atestados médicos necessários para o ingresso, através de contingente especial, ao Ensino Superior. "Há quase dois meses que estou à espera que marquem as juntas médicas e já informei, várias vezes, a Unidade de Saúde Familiar (USF) de Mem Martins da urgência da situação devido aos prazos de candidatura, mas disseram-me apenas que tinha de aguardar porque havia atrasos nas marcações das juntas", contou ao JN Helena Oliveira, a mãe das meninas de 17 anos." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.