terça-feira, 6 de agosto de 2013

Candidatura de Nuno da Câmara Pereira aspira a ser "o primeiro partido regional"



Nuno da Câmara Pereira entregou ontem no Tribunal de Sintra as listas do “SIM - Movimento Independentes Sintra” a todos os órgãos autárquicos e mostrou-se interessado em vir a transformar esta candidatura às autárquicas de 29 de Setembro numa força política regional. “Temos 350 candidatos independentes, nenhum é filiado em partido algum, numa candidatura apoiada pelo Partido da Nova Democracia (PND). Estão criadas as condições para virmos a ser o primeiro partido regional, para defender a região que é colonizada constantemente pelos concelhos limítrofes, principalmente por Lisboa”, disse.

Como prioridades, o candidato aponta a segurança, os transportes e acção social. “Os grandes problemas de Sintra hão-de ser os dos transportes, da segurança e da comunicação entre as pessoas, e a fragilidade em que a solidariedade social se encontra, o Estado Social de que tanto se fala, mas pouco se consegue. Estas são as três vertentes e qualquer das candidaturas estará sensibilizada para estes problemas”, considera Nuno da Câmara Pereira, que está preocupado com o facto de Sintra ter descido 125 lugares no ranking dos municípios portugueses em termos de qualidade de vida. “Desde que Edite Estrela saiu de Sintra, há 12 anos, o concelho passou do quarto lugar para o 129.º lugar em questões de desenvolvimento, há qualquer coisa que está mal”, afirma (ver entrevista integral). [notícia no Jornal da Região]

© Luís Galrão/Tudo sobre Sintra

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.