domingo, 11 de agosto de 2013

Marco Almeida quer impostos municipais "amigos do emprego e do comércio"



Numa visita de campanha que realizou na sexta-feira em Algueirão-Mem Martins, o candidato do movimento “Sintrenses com Marco Almeida” apresentou as linhas do programa de revitalização do comércio local que pretende implementar caso seja eleito. "Vamos criar impostos municipais que sejam 'amigos' do emprego e do comércio: mantendo a isenção da derrama, aplicando uma taxa mínima de IMI [Imposto Municipal sobre Imóveis] a imóveis dedicados à actividade comercial e isentando o IMI durante cinco anos para imóveis que sejam reabilitados para fins comerciais", disse Marco Almeida.

O actual vice-presidente do município responsabiliza a gestão dos últimos Governos PS e PSD/CDS-PP pelo decréscimo da actividade comercial em "ruas que fervilhavam de actividade económica e que hoje estão a perder vida", mas admite que "neste sector a Câmara de Sintra tem feito muito pouco e pode fazer muito mais" (ver vídeos).



A avaliação é partilhada pelo candidato à presidência da Junta de Freguesia de Algueirão-Mem Martins, Manuel do Cabo, que também é presidente da Associação Empresarial de Sintra. "Faço uma avaliação razoável. Gostava de ter uma opinião diferente, mas não consigo, porque o apoio ao comércio não foi o que desejamos", diz o autarca, que lamenta ainda a falta de poder de compra dos munícipes, devido aos cortes de vencimentos e pensões impostos pelo Governo, e os efeitos no comércio da nova lei do arrendamento. [notícia no Correio da Manhã, no Jornal da Região e na Rádio Ocidente]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.