domingo, 29 de dezembro de 2013

'«É melhor comer na escola, em casa há pouco dinheiro para comida»'

No PÚBLICO: "Já todos acabaram de roer as maçãs que marcam o fim do almoço na cantina da Escola Básica n.º 2 de Massamá, concelho de Sintra. Também houve sopa de legumes, esparguete e carne. “Peixe, carne. Peixe, carne. Peixe, carne.” Mário, 6 anos, explica o que se come na escola como se fosse uma lengalenga e os colegas Francisco, 6 anos, David, 7, Rui, 10, e mais meia dúzia de rapazes, riem-se. Cada refeição tem legumes, continuam. É assim todos os dias. E a ementa não muda nas férias de Natal, altura em que a cantina continua a funcionar. Odeiam legumes. Blargh!" [notícia integral]

Notícia relacionada:
Sintra volta a abrir cantinas nas férias de Natal e permite acesso a familiares de alunos

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.