terça-feira, 22 de abril de 2014

'Greve deixa reclusos sem visitas ao fim-de-semana durante mês e meio'

No PÚBLICO: "Desde o final da semana passada que as prisões portuguesas se ressentem com duas greves dos guardas prisionais, que estão a deixar a esmagadora maioria dos reclusos sem visitas ao fim-de-semana. E para muitos a situação vai-se repetir durante mais de um mês e meio. (...) A paralisação não se vai sentir da mesma forma em todo o país, já que o Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (SNCGP), o mais representativo no sector, e o Sindicato Independente do Corpo da Guarda Prisional (SICGP), com algumas centenas de sócios, optaram por formas diferentes de luta. O primeiro começou com uma paralisação total a partir das 19h de quinta-feira passada que termina às 8h desta terça-feira. (...) Já o SICGP, que tem grande parte dos seus associados no Estabelecimento Prisional da Carregueira, em Sintra, decidiu decretar uma greve total de 21 dias, que arrancou na sexta-feira e termina a 8 de Maio." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.