quinta-feira, 10 de abril de 2014

'Homicídio após discussão sobre cão dá 12 anos de cadeia'

No Diário Digital (via Lusa): "Um militar da GNR na reforma foi condenado a 12 anos de prisão, no tribunal de Sintra, por ter matado a tiro um jovem de 23 anos, na sequência de uma discussão por causa de um cão. O tribunal de júri, presidido pela juíza Carla Alves, condenou a 12 anos de prisão o guarda reformado, de 53 anos, pela prática do crime de homicídio, na forma agravada, de Caio Carvalho, 23 anos. O arguido foi também condenado a pagar 40.000 euros à mãe da vítima e mais 40.000 euros ao filho, por danos não patrimoniais, segundo o acórdão a que a Lusa teve hoje acesso." [notícia integral] [notícia na TVI24]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.