segunda-feira, 28 de abril de 2014

Parques de Sintra procura voluntários para erradicar espécies infestantes no dia 10


© Jonas Tavares/PSML

A Parques de Sintra (PSML) promove dia 10 de Maio, sábado, entre as 9h e as 12h30, uma acção de voluntariado para controlo de espécies arbóreas infestantes na Tapada do Saldanha, na Serra de Sintra. A iniciativa de arranque de espécies invasoras, tais como Acácias, Pitósporos e Háqueas, é aberta a todos os participantes, mediante inscrição prévia, e os voluntários serão acompanhados por técnicos envolvidos nas acções do Projecto BIO+Sintra.

"As infestantes são muito difíceis de erradicar, apresentando-se como uma forte ameaça para a flora e fauna da serra. Devido ao seu rápido crescimento, dominam as espécies autóctones, prejudicando o desenvolvimento de árvores como o Carvalho Português, o Carvalho Alvarinho, o Sobreiro ou o Medronheiro. Representam também especial perigo para alguns tipos de aves como a Águia-de-Bonelli, dado que formam habitats cerrados pouco adequados para garantir acesso a alimento. São também um perigo para espécies como o Lagarto-de-água, uma vez que impedem o crescimento da vegetação ao longo das margens das ribeiras e linhas de água, onde estes animais nidificam e procuram abrigo", explica a empresa.

Nesta acção, organizada no âmbito do Projecto BIO+Sintra, o arranque de infestantes será manual - pedindo-se aos participantes que tragam luvas - dado que as espécies são ainda jovens e esta é a forma mais eficaz. Após terem sido arrancadas serão acumuladas e recolhidas pelas equipas da PSML. A inscrição prévia é obrigatória e a recepção dos participantes será feita a partir das 8h30 no portão da Tapada do Saldanha ou a partir das 8h na Estação de Comboios de Sintra, de onde partirão autocarros da organização. Inscrições e informações: 219 237 300 ou comercial@parquesdesintra.pt. [Fonte: PSML]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.