sábado, 13 de setembro de 2014

'Alentejana casa com extremista português'

No Correio da Manhã: "Somos tratadas como princesas. Aqui ninguém nos olha de lado". É assim que a portuguesa Ângela B., de 19 anos, defende a adesão ao exército terrorista do Estado Islâmico, que massacra milhares de civis para instalar um califado. A alentejana esteve emigrada na Holanda, onde se radicalizou há um ano, e partiu recentemente para a Síria para casar com Fábio Poças, 22 anos, de Mem Martins, Sintra. Este, tal como o CM ontem descreveu, foi convertido quando estava em Inglaterra e entra em combates." [notícia integral]

Notícias relacionadas:
'Jovem de Sintra combate nas fileiras do Estado Islâmico'
'Há portugueses dispostos a morrer pelo Estado Islâmico'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.