domingo, 19 de outubro de 2014

'Fraude fiscal relacionada com IVA dá prisão'

No PÚBLICO (via Lusa): "O Tribunal de Lisboa Oeste condenou três homens a penas entre três e seis anos de prisão por fraude fiscal e falsificação de documentos, crimes que cometeram para não entregarem 5,6 milhões de euros de IVA ao Estado. (...) caso remonta a 2005, quando duas empresas de equipamento electrónico instaladas no núcleo empresarial da Abrunheira, em Sintra, iniciaram a aquisição de mercadorias no espaço comunitário e em Hong Kong, beneficiando da isenção de IVA nestas transacções." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.