quarta-feira, 26 de novembro de 2014

'Inspecção-Geral das Actividades em Saúde abriu inquérito ao Amadora-Sintra'

No Jornal i: "O Ministério da Saúde confirmou hoje que a Inspecção-Geral das Actividades em Saúde (IGAS) instaurou um inquérito para averiguar denúncias relacionadas com a actividade da urgência do Amadora-Sintra, nomeadamente a disponibilidade radiologistas no período nocturno – que entretanto terá sido resolvida – mas também o facto de os equipamentos estarem obsoletos. Está igualmente a ser averiguada a denúncia de que um médico terá sido confrontado por um administrador do hospital se seria mais barato amputar ou colocar uma prótese a um doente." [notícia integral]

Notícias relacionadas:
'Amadora-Sintra nega caso denunciado à Ordem dos Médicos'
'Administrador de hospital quis saber se era mais barato amputar perna ou pôr prótese'
'Amadora-Sintra dispensa único radiologista de intervenção do hospital'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.