terça-feira, 25 de novembro de 2014

'Pena suspensa de três anos e meio para ex-autarca de Rio de Mouro'

No Diário Digital (via Lusa): "O ex-presidente da Junta de Freguesia de Rio de Mouro, concelho de Sintra, Filipe Santos (PSD), foi hoje condenado pelo Tribunal de Lisboa Oeste a três anos e meio de prisão, com pena suspensa, pelo crime de peculato qualificado. A sentença do processo por recebimento indevido de verbas públicas determinou, ainda, que Filipe Santos terá de pagar uma multa de 500 euros e devolver à Junta de Freguesia de Rio de Mouro 29 mil euros." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã, no Expresso, no Jornal de Notícias e no PÚBLICO]

Notícia relacionada:
'Ex-autarcas de Rio de Mouro, Sintra, conhecem sentença por acusação de peculato'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.