sábado, 13 de dezembro de 2014

'«Ortopedia não respeita a lei»'

No Correio da Manhã: "Um assistente graduado sénior do serviço de Ortopedia do hospital Amadora-Sintra disse ao CM que a unidade está a desrespeitar a lei das carreiras médicas ao entregar as chefias a assistentes graduados. "A ortopedia não respeita a lei", afirmou Pedro Leitão, com mais de 40 anos de serviço na especialidade. As afirmações do especialista surgem depois de o CM ter noticiado que a Ordem dos Médicos (OM) retirou a idoneidade formativa ao hospital na especialidade de nefrologia, por este não colocar um assistente graduado sénior a liderar a unidade." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.