domingo, 29 de março de 2015

Autarquia lança roteiro das Ecovias de Sintra

A Câmara de Sintra apresentou hoje as Ecovias de Sintra, uma iniciativa desenvolvida com o projecto Ecovias de Portugal, no âmbito do lançamento da marca "ActiveSintra", e que pretende promover o turismo de natureza em bicicleta, fornecendo roteiros georreferenciados em GPS. Trata-se de um conjunto de duas rotas, divididas em quatro percursos, num total de 60 quilómetros "de caminhos e estradas de reduzido tráfego automóvel" entre o centro histórico, a Praia das Maçãs, as Azenhas do mar e a Praia do Magoito.

"Trabalhamos em conjunto com as autarquias no registo e promoção de rotas turísticas para serem percorridas em bicicleta, com reduzido investimento económico e sem recurso a avultadas obras de pavimentação ou sinalética, dispendiosos na sua construção e manutenção", explicam os responsáveis do projecto Ecovias de Portugal, onde já pode ser consultada a informação relativa a Sintra, cujos percursos incluem 65% de vias não asfaltadas, um desnível de 450 metros e uma dificuldade física moderada.


© Basílio Horta/Todos por Sintra

O lançamento decorreu esta manhã, no centro histórico de Sintra, durante a "Feira Aventura" que está a ter lugar no largo Rainha D. Amélia, e que encerrará às 18h deste domingo. O percurso de abertura foi testado pelo próprio presidente da câmara, Basílio Horta, que pedalou até à Praia Grande, num roteiro misto entre ecovias e outros acessos. "Fantástico dia para experimentar as ecovias de Sintra. O passeio entre a vila histórica e a Praia Grande foi absolutamente fantástico", revela o autarca no Facebook. [ver Roteiros em PDF]


[Fonte: Ecovias de Portugal]

Notícias relacionadas:
Termina hoje a "Feira Aventura" de lançamento da marca "ActiveSintra"
Marca "ActiveSintra" lançada amanhã numa "Feira Aventura" no centro histórico

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.