segunda-feira, 9 de março de 2015

Futuro PDM de Sintra “deve defender o direito ao território e não o direito à construção”



[Actualizado] O futuro Plano Director Municipal (PDM) de Sintra deve “corrigir os erros do passado ainda susceptíveis de correcção, não insistindo em soluções que se mostraram prejudiciais à qualidade de vida das pessoas e das famílias”, avança o presidente da câmara, para quem o documento revisto “deve defender o conceito de direito ao território e não o direito à construção”.



Basílio Horta participou na quinta-feira na sessão de apresentação das linhas mestras do Modelo de Desenvolvimento Territorial que irá enquadrar o processo de revisão do PDM, que deveria ter sido revisto em 2009. A sessão contou também com a participação da directora municipal de ambiente, planeamento e gestão do território, Ana Queiroz do Vale, que apresentou igualmente os estudos de diagnóstico já realizados.



O conjunto de documentos será submetido à reunião de câmara de dia 24 de Março e posteriormente apresentado na assembleia municipal de 16 de Abril. Apesar de solicitado, a autarquia ainda não disponibilizou as apresentações utilizadas na sessão pública que decorreu no Centro Cultural Olga Cadaval, da qual partilhamos aqui os vídeos das duas principais intervenções. Saiba mais na próxima edição do Jornal de Sintra. [notícia no Jornal da Região]

[Actualização às 12h35 de 10/03] A Câmara de Sintra publicou hoje este comunicado na página da autarquia, onde também disponibilizou a proposta de Modelo de Desenvolvimento Territorial apresentada no dia 5 (anexa).



Notícias relacionadas:
Câmara apresenta hoje o Modelo de Desenvolvimento Terriorial para o novo PDM
Câmara de Sintra divulga no dia 5 as linhas orientadoras da revisão do PDM
Câmara promove "inquérito à população" no âmbito da revisão do PDM
Câmara promove 'workshop' sobre a revisão do PDM de Sintra
Câmara dá mais 15 dias para a consulta pública das alterações ao PDM
'Sintra altera PDM para viabilizar Projectos de Relevante Interesse Municipal'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.