domingo, 31 de maio de 2015

'SATU: Anatomia de um projecto falhado'

No Jornal i: "O projecto do Sistema Automático de Transporte Urbano (SATU) já vinha do tempo em que Isaltino Morais estava à frente da Câmara Municipal de Oeiras. Quando foi inaugurado, em 2004, no mandato de Teresa Zambujo, não se previa que o fim chegasse quase 11 anos depois. As viagens do SATU terminam este domingo, mas a estrutura vai manter-se como está porque os custos de desmantelamento “seriam enormes”, afirma a autarquia, acrescentando estar “aberta a sugestões” para reaproveitar a construção no futuro. O percurso do SATU, que deveria ligar Paço de Arcos e o Cacém quando todas as etapas estivessem terminadas, nunca passou da fase 1: de Paço de Arcos até ao centro comercial Oeiras Parque, numa distância de 1,2 quilómetros." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.