quarta-feira, 22 de julho de 2015

'Câmaras ganham “prenda” de 180 milhões de euros em 2016'

No Jornal de Negócios: "O IMT já não vai começar a ser extinto em 2016, mas sim a partir de 2017. Para as câmaras, isso significa a manutenção de receitas a rondar os 180 milhões de euros no próximo ano. A câmara de Lisboa sai beneficiada com cerca de 40 milhões de euros. (...) A segunda câmara que recebeu mais IMT foi Cascais: 32,3 milhões de euros, o que significa que a autarquia liderada por Carlos Carreiras "segura" pouco mais de 10 milhões de euros no próximo ano. A seguir, o Porto, que amealhou 31,4 milhões, vai assim continuar a ter ao dispor uma verba similar a Cascais no próximo ano. Oeiras (22,3 milhões), Loulé (22 milhões) e Sintra (11,1 milhões), são os outros municípios que arrecadaram mais de 10 milhões de euros com o IMT e que poderão manter, cada um, cerca de um terço desses valores." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.