quinta-feira, 27 de agosto de 2015

'A casa de D. Pedro III voltou a ser (em parte) azul'

No PÚBLICO: "Foi em 1987 que apareceram os primeiros vestígios de azul. Foram encontrados por trás de um dos bustos das fachadas interiores, viradas para os jardins que fazem de Queluz um palácio lúdico, cenográfico. Estavam muito sumidos e foi preciso que o Laboratório Nacional de Engenharia Civil os analisasse para identificar vidro moído de cor azul nessas amostras de reboco antigo que escaparam ao cor-de-rosa que reveste o edifício há pelo menos 100 anos." [notícia integral]

Notícia relacionada:
'O Palácio de Queluz já foi azul. E agora vai voltar a ser'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.