segunda-feira, 24 de agosto de 2015

'Os bonsai também vão de férias e podem ir parar ao hospital'

No PÚBLICO: "Em Portugal ainda é tímida a oferta de hotéis e de locais onde se possam internar os bonsai doentes, mas a procura parece estar a aumentar. Vista por muitos como uma prática terapêutica, a arte de criar e cuidar os bonsai pode ser também uma forma de conservar espécies em extinção. (...) Marco Rodrigues, proprietário do Museu do Bonsai (que inclui loja, hotel, hospital e escola) aberto há mais de 20 anos em Sintra, confirma que a taxa de ocupação está a bater recordes – tem actualmente mais de 500 exemplares no hotel (a 0,50 euros por dia, com descontos para estadias de longa duração) e deverá fechar o ano com mais de 1000 hóspedes. "Temos clientes do norte do país que deixam aqui os bonsai quando vão de férias para o Algarve", afirma. O pior ano foi 2011, com cerca de 300 estadias no total." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.