sábado, 5 de dezembro de 2015

'Sintra depois dos palácios'

No Fugas do PÚBLICO: "Quando, no passado, o Palácio Nacional de Sintra fechava uma vez por semana (hoje isso já não acontece), nesse dia a Piriquita, famosa pelas suas queijadas, encerrava também as portas. Desde há séculos que Sintra vive do turismo. Se antes a presença da família real durante longas temporadas atraía muitos aristocratas, proprietários dos palacetes e quintas que ainda existem, hoje 90% dos turistas são estrangeiros (foram já, ao todo, dois milhões este ano) e chegam nas camionetas que os deixam no centro da vila." [artigo integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.