sexta-feira, 15 de abril de 2016

'«Corro o risco de ser mal entendido», diz Rui Massena'

Na Visão: "Passei a vida, este tempo todo, para chegar aqui e conseguir fazer isto”, diz Rui Massena, sobre o álbum que chega agora às lojas, Ensemble. Solo, lançado no início de 2015, gravado em recolhimento em Alfândega da Fé, foi uma espécie de "terapia", que o fez ultrapassar o trabalho intenso ligado ao projeto Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura, e a frustração que sentiu por ver chegar ao fim a vida da Fundação Orquestra Estúdio que ali criou. (...) Chegou a Praga pouco tempo depois de aqueles músicos terem gravado a música que valeria, este ano, um Oscar para melhor banda sonora (composta pr Ennio Morricone para o filme Os Oito Odiados, de Quentin Tarantino). A parte de piano foi gravada em Sintra, onde foi gravado, também, o vídeo de Estrada, um dos 13 temas do novo álbum." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.