sábado, 23 de abril de 2016

'Piriquita. A pastelaria que conquistou a boca do rei D. Carlos'

No Jornal i: "Piriquita é sinónimo de travesseiros e queijadas. Não há quem passe por Sintra e resista ao cheirinho da Rua das Padarias – sejam turistas, sintrenses, Presidentes ou reis. A padaria que mais tarde viria a ser conhecida como Piriquita foi fundada em 1862, exatamente no local onde ainda hoje se encontra, no centro da vila de Sintra, pelo padeiro Amaro dos Santos e a sua mulher, Constância Gomes. É desta senhora que vem o nome do espaço: O rei D. Carlos i – que gostava de passar férias em Cascais e Sintra – tratava Constância por “Piriquita”, devido à sua baixa estatura. A alcunha acabou por pegar e a pastelaria ficou com este nome." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.