sexta-feira, 28 de julho de 2017

'Direcção do Centro Ciência Viva de Sintra demite-se e aponta culpas à câmara'

No PÚBLICO: "Dois directores do Centro Ciência Viva de Sintra, inaugurado em Novembro de 2006, demitiram-se acusando a câmara de Sintra de, já há vários anos, não apoiar a estrutura, condenando-a a reduzir a sua actividade e equipa, denunciam estes responsáveis em carta de demissão enviada aos funcionários. A demissão, apresentada na Assembleia Geral da Associação que decorreu a 28 de Junho, por parte do director executivo Francisco Motta Veiga e do presidente da direcção Carlos Romão é justificada pela recusa da Câmara de Sintra, que um dos associados da estrutura, “em assegurar a transferência do valor mínimo necessário às despesas fixas para o ano 2017”. Queixam-se ainda de falta de diálogo e colaboração. Carlos Romão refere ainda que a atitude da Câmara resulta “objectivamente na asfixia do CCVS”. [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.