sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

'CDS processa ex-secretário-geral e nove dirigentes de Sintra'

No PÚBLICO: "O conselho de jurisdição distrital de Lisboa do CDS abriu processos disciplinares a 10 militantes e dirigentes de Sintra, entre os quais está Lino Ramos, presidente da mesa da concelhia e mandatário financeiro autárquico das eleições de Outubro, e antigo secretário-geral do partido. No despacho a que o PÚBLICO teve acesso, a principal acusação é não terem feito campanha em Sintra nas últimas autárquicas, onde o CDS concorreu na coligação Juntos pelos Sintrenses, criada a partir do movimento independente de Marco Almeida e em que estavam ainda o PSD, o MPT e o PPM. A concelhia de Sintra foi contra a coligação – e tinha aprovado uma proposta para o CDS concorrer sozinho – mas foi ultrapassada pela vontade de Assunção Cristas." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.