sábado, 31 de março de 2018

'Muçulmanos constroem centro com mesquita em Sintra'

No Correio da Manhã: "Seis anos depois de ter sido lançada a primeira pedra, ainda pelo antigo presidente da Câmara Fernando Seara, a construção do centro comunitário com mesquita vai finalmente avançar na Tapada das Mercês, em Sintra. A cerimónia de arranque das obras reuniu ontem dezenas de pessoas da comunidade islâmica. "É uma mais-valia para todos os residentes e é marcante para a comunidade islâmica nesta localidade e no concelho de Sintra", disse ao CM o sheik David Munir, imã da Mesquita Central de Lisboa." [notícia integral]

'Marido mata a mulher de 59 anos e liga ao filho a avisar'

No PÚBLICO: "Uma mulher de 59 anos foi assassinada na madrugada deste sábado pelo marido, em casa, em Manique de Cima, Sintra, revelou fonte da GNR, adiantando que o homem já se encontra detido. Segundo Elisabete Brasil, do Observatório de Mulheres Assassinadas da União de Mulheres Alternativa e Resposta - UMAR, esta terá sido a sétima mulher assassinada este ano. No ano passado, o observatório registou 20 femicídios, quatro deles até Março." [notícia integral] [notícia no Observador]

sexta-feira, 30 de março de 2018

terça-feira, 27 de março de 2018

'Há um festival de cerveja artesanal a chegar a Sintra'

Na TimeOut: "O Cerveja Com Todos é o primeiro festival de cerveja artesanal de Sintra e acontece nos dias 6 e 7 de Abril, conduzido pelos responsáveis da Cerveja Rafeira. “Divulgar micro-cervejeiras locais que normalmente não têm espaço para participar em eventos maiores é o grande objectivo deste festival”, afirma a organização em comunicado. Pode encher o copo as vezes que quiser de várias referências cervejeiras como a Rafeira, a Chica, Carapau d’ Corrida e Sin." [notícia integral]

segunda-feira, 26 de março de 2018

Câmara condiciona trânsito no centro histórico da vila de Sintra a partir das 22h de hoje



O acesso ao centro histórico de Sintra vai passar a ser condicionado ao tráfego rodoviário a partir das 22h de hoje, dia 26 de Março, informa a autarquia. A medida insere-se "na nova estratégia de mobilidade" para a zona classificada como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, mas conta com a oposição de alguns comerciantes e moradores. Nesta primeira fase, serão apenas alterados alguns sentidos de circulação e limitado o acesso a alguns arruamentos (clique nas imagens para ampliar ou consulte este mapa).

"A primeira fase desta estratégia vai condicionar o acesso rodoviário à vila histórica de Sintra, o que vai permitir assegurar a acessibilidade dos veículos de emergência ao centro histórico e ao Parque Natural Sintra-Cascais. A medida vai aumentar a segurança rodoviária e garantir a melhoria das condições de mobilidade pedonal, compatibilizando as condições de todos que visitam Sintra com as rotinas de quem vive e trabalha na zona", explica a Câmara de Sintra, que pretende também "aumentar a atractividade dos parques de estacionamento dissuasores".



As alterações incluem as seguintes medidas:
  • Limitar acesso ao centro histórico da vila de Sintra apenas a veículos autorizados de residentes, actividades económicas, recolha de resíduos sólidos urbanos, bombeiros, INEM, GNR, etc);
  • Alterações de sentidos de trânsito, nomeadamente na Volta do Duche e Estrada de Monserrate.

Segundo a Câmara de Sintra, esta reformulação da circulação e acesso visa:
  • Promover a utilização dos parques de estacionamento dissuasores de forma a assegurar uma diminuição do fluxo de veículos para o centro histórico;
  • Promover meios de mobilidade sustentável de proximidade, como por exemplo bicicletas eléctricas;
  • Melhorar e aumentar os passeios e caminhos destinados a peões, de modo a facilitar a circulação e acessos pedonais, nomeadamente para pessoas com mobilidade reduzida

Ao longo do ano, a autarquia "continuará a desenvolver os meios de mobilidade sustentáveis que possibilitem uma ligação eficaz dos parques de estacionamento ao centro histórico e às principais atracções turísticas. Será também concretizado um aumento da rede de transportes públicos, nomeadamente das redes que realizam rotas turísticas."

Em comunicado, a edilidade esclarece que "os moradores no Centro Histórico da Vila de Sintra devem solicitar, junto da EMES – Empresa Municipal de Estacionamento de Sintra, o respectivo dístico de estacionamento."

Já os trabalhadores nesta zona "devem solicitar junto das entidades empregadoras um comprovativo da sua situação profissional a fim de poderem requerer o passe social para as carreiras de ligação aos parques dissuasores localizados na Portela de Sintra. Estes trabalhadores poderão estacionar sem encargos nesses mesmos parques, devendo para isso, indicar à autarquia a matrícula do respectivo automóvel." [ver folheto em PDF]

Notícias relacionadas:
'Condicionamento de trânsito em Sintra gera indignação'
'Comerciantes e moradores tentam travar alterações ao trânsito no centro histórico'
'Sintra limita circulação no centro histórico com criação de sentidos únicos'


[PUB]

'Condicionamento de trânsito em Sintra gera indignação'

Na SIC Notícias: "Moradores e comerciantes de Sintra estão indignados por causa das alterações ao trânsito. A autarquia quer menos carros no centro histórico mas os proprietários de lojas e restaurantes sentem-se prejudicados com a mudança." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã]

Notícias relacionadas:
'Comerciantes e moradores tentam travar alterações ao trânsito no centro histórico'
'Sintra limita circulação no centro histórico com criação de sentidos únicos'

sexta-feira, 23 de março de 2018

'Comerciantes e moradores tentam travar alterações ao trânsito no centro histórico'

No PÚBLICO: "Um grupo de comerciantes e residentes na vila de Sintra apresentou uma providência cautelar para tentar travar as medidas de alteração ao trânsito anunciadas pela autarquia há duas semanas. E que vão limitar a circulação no centro da vila a moradores e comerciantes e criar sentidos únicos na Volta do Duche e na Estrada de Monserrate. A autarquia diz não ter ainda conhecimento dessa acção que foi entregue esta sexta-feira no Tribunal Administrativo e Fiscal de Sintra. " [notícia integral] [notícia na RTP]

'Detidos por assalto a taxista em Mem Martins'

No Sintra Notícias: "Três amigos, de 20 e 21 anos, foram detidos pela PJ de Lisboa pela autoria de um ataque armado a um taxista, em Mem Martins, Sintra, a 10 de novembro passado. Um dos ladrões, usando o telemóvel pessoal, pediu um táxi. À chegada do motorista, os dois cúmplices, munidos de um revólver, entraram na viatura e consumaram o roubo. Levaram dinheiro, um telemóvel e cartões bancários." [notícia integral]

'Costa encerra no sábado congresso da FAUL do PS em Sintra'

Na RTP (via Lusa): "O líder socialista, António Costa, encerra no sábado, ao fim da tarde, em Sintra, o congresso federativo da Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS, que consagra a eleição de Duarte Cordeiro para a presidência desta estrutura." [notícia integral]

segunda-feira, 19 de março de 2018

'Cineasta Ulrich Seidl no Córtex – Festival de Curtas-Metragens de Sintra em abril'

No Observador (via Lusa): "O realizador austríaco Ulrich Seidl vai estar em abril em Portugal a convite do Córtex — Festival de Curtas-Metragens de Sintra, que lhe dedicará uma retrospetiva, foi anunciado esta segunda-feira. O Córtex, que cumpre a oitava edição, terá mais dias de programação, de 11 a 15 de abril, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, e pela primeira vez estende-se a Lisboa, com filmes a exibir no cinema Ideal até ao dia 18." [notícia integral]

domingo, 18 de março de 2018

'Acidente em Sintra faz três feridos'

No Jornal i: "Na manhã deste domingo ocorreu um acidente em Sintra, tendo os Bombeiros voluntários de São Pedro de Sintra si chamados ao local, e já conseguiram proceder à extração das três vítimas que se encontravam encarceradas." [notícia integral]

sexta-feira, 16 de março de 2018

Jornal de Sintra - 16 de Março

O Jornal de Sintra destaca que o Centro histórico de Sintra terá o acesso automóvel condicionado a partir de 26 de Março. [edição em PDF]

quinta-feira, 15 de março de 2018

'Derrocada em praia de Sintra faz um morto e um ferido grave'

No Jornal de Notícias: "Uma derrocada na praia da Ursa, em Almoçageme, Sintra, atingiu um casal de nacionalidade estrangeira que estava acampado no local. O homem morreu e a mulher está ferida com gravidade. Segundo o comandante Pereira da Fonseca, porta-voz da Autoridade Marítima Nacional, um homem de nacionalidade brasileira e uma mulher alemã foram atingidos por pedras que se soltaram da arriba da praia da Ursa, esta quinta-feira." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã, na Lusa, na Rádio Renascença, na RTP e na TVI24]

quarta-feira, 14 de março de 2018

'Sintra limita circulação no centro histórico com criação de sentidos únicos'

No PÚBLICO (via Lusa): "A circulação automóvel vai ser condicionada no centro histórico de Sintra, a partir do dia 26 deste mês, com a criação de sentidos únicos na Volta do Duche e na Estrada de Monserrate, informou esta quarta-feira o município. Segundo a câmara, a primeira fase de uma nova estratégia de mobilidade "vai condicionar o acesso rodoviário à vila histórica de Sintra", no distrito de Lisboa, permitindo "assegurar a acessibilidade dos veículos de emergência". [notícia integral]

'Investimento em escolas de Sintra serve de exemplo para descentralização - Governo'

No Destak (via Lusa): "A secretária de Estado Adjunta e da Educação defendeu hoje, em Sintra, que a descentralização de competências para as autarquias na área das infraestruturas escolares pode contribuir para resolver pequenas situações nos estabelecimentos de ensino. (...) A governante, que falava após a apresentação do Programa de Investimentos nas Escolas de Sintra, na Escola Básica (EB) 2,3 Padre Alberto Neto, em Rio de Mouro, elogiou o investimento da autarquia sintrense em várias obras que "não enchem o olho", mas que "melhoram a vida das pessoas que estão nas escolas". [notícia integral]

'Leroy Merlin de Sintra evacuado'

No Sintra Notícias: "A queda de uma estrutura publicitária de grande dimensão sobre o edifício do Leroy Merlin de Sintra levou à evacuação desta grande superfície comercial. O SINTRA NOTÍCIAS apurou que o espaço não volta a abrir durante esta quarta-feira. A estrutura publicitária, da empresa Santogal, caiu sobre o edifício da Leroy Merlin tendo danificado a sua estrutura." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhã, na Rádio Renascença, na RTP e e no SOL]

'Droga deu à costa na Praia das Maçãs'

No Beachcam: "Um volume de grandes dimensões e peso, deu na tarde deste domingo à costa na Praia das Maçãs. Depois de em Espinho também se ter encontrado um fardo semelhante na praia, agora foi a vez da pacata praia de Sintra receber a "sua dose". [notícia integral]

terça-feira, 13 de março de 2018

'Água castanha invade praia do Magoito'

No Diário de Notícias: "Um manto de espuma acastanhada, que se misturou com a água e a areia da praia do Magoito, fez temer um novo desastre ambiental, à semelhança do sucedido no rio Tejo, na zona de Abrantes, no final de janeiro. Mas, afinal, tudo não passou dos efeitos da tempestade Félix associada a uma ETAR em más condições, que já provocou várias situações semelhantes. "A precipitação dos últimos dias e a sua intensificação este fim de semana com a chegada da tempestade Félix, originou um grande caudal de águas pluviais [da chuva]. Este fenómeno provocou o transbordar do tanque de contenção da ETAR do Magoito, o que levou as águas pluviais diretamente para o mar", explicou ao DN Rui Mateus, assessor do presidente da Câmara de Sintra, garantindo que o que aconteceu "nada teve que ver com descargas de esgotos mas com o transbordar do tanque de contenção da ETAR do Magoito". [notícia integral]

domingo, 11 de março de 2018

'Olha que novidade!...'

No blogue Sintra do Avesso, de João Cachado: "Alguém se surpreenderá por alguns comerciantes de São Pedro apoiarem a proposta da Câmara Municipal de Sintra relativa à instalação de um parque de estacionamento para 100 viaturas na Praça D. Fernando II, portanto, em pleno centro histórico de Sintra?" [artigo integral]

'Fuga de gás provoca dois feridos graves e evacuação de um prédio em Monte Abrãao'

No SAPO24: "Uma fuga de gás provocou dois feridos graves e a evacuação de um prédio em Monte Abraão, concelho de Sintra, informou à agência Lusa o presidente da União das Freguesias de Massamá e Monte Abraão, Pedro Brás. No local, o autarca informou que os feridos graves foram transportados para “unidades hospitalares” e que, no total, deverão ter ficado cinco pessoas feridas." [notícia integral] [notícia no Correio da Manhãno Diário de Notíciasna TVI24]

'Comboios em serviços mínimos na segunda-feira'

No PÚBLICO: "A greve na Infra-estruturas de Portugal (IP), empresa gestora da infra-estrutura ferroviária, marcada para esta segunda-feira levou a CP e a Fertagus a decretarem serviços mínimos. As supressões vão afectar os principais serviços da CP: Internacional, Alfa-Pendular, Intercidades, Regional e Urbanos (de Lisboa e Porto). A CP informa, em comunicado, que não vai disponibilizar transportes alternativos aos serviços suprimidos pela greve, mas que vai reembolsar o valor dos bilhetes que já tiverem sido adquiridos ou permitir alterações de data ou de comboio sem custos." [notícia integral]

sexta-feira, 9 de março de 2018

Jornal de Sintra - 9 de Março

A última edição do Jornal de Sintra destaca os resultados da "vigilância colectiva" na diminuição dos incêndios na Serra de Sintra. [edição em PDF]

quarta-feira, 7 de março de 2018

'Açores, Cascais, Oeste, Sintra e Torres Vedras entre os destinos sustentáveis do mundo'

No SAPO24: "As regiões dos Açores e Oeste e os concelhos de Cascais, Sintra e Torres Vedras, em Portugal, estão entre os melhores 32 destinos sustentáveis do mundo, que hoje foram anunciados em Berlim, na Alemanha. (...) Na categoria de “Melhores Cidades e Comunidades”, Cascais, a região Oeste, Sintra e Torres Vedras figuram entre os vencedores ao lado de Zuid-Limburg (Holanda) e Tung Dap Village (Tailândia)." [notícia integral]

terça-feira, 6 de março de 2018

'Sintra debate revisão do plano director municipal com redução de solo urbano'

No PÚBLICO (via Lusa): "O executivo camarário decidiu nesta terça-feira remeter à assembleia municipal a proposta de revisão do plano director municipal (PDM) de Sintra, que prevê uma redução de 5% no solo urbano, para ser apreciada antes de ser colocada em consulta pública. "Não podemos entender que temos excesso de construção e ao mesmo tempo continuar na mesma linha, não é possível, portanto vai haver uma diminuição de 5% da área construtiva", salientou o presidente da autarquia, Basílio Horta (PS)." [notícia integral]

segunda-feira, 5 de março de 2018

'Mila Ferreira leva Paris até Sintra'

No Correio da Manhã: "O charme e emoção da canção francesa sobem ao palco do Centro Olga Cadaval em Sintra, no próximo sábado, com Mila Ferreira e o seu projeto ‘Bonsoir Paris’. Para ouvir estão as mais belas canções de Edith Piaf, mas também temas emblemáticos de Charles Aznavour, Serge Lama ou Jacques Brel." [notícia integral]

domingo, 4 de março de 2018

'Queluz vai ter contrato local de segurança. Ali, só o palácio é um oásis'

No Diário de Notícias: "O Palácio Nacional de Queluz, monumento evocativo do barroco, marca uma fronteira naquela cidade do concelho de Sintra - de uma zona limpa, ajardinada e segura para o centro, a Avenida Miguel Bombarda, uma artéria nobre transformada, segundo os moradores, num "antro de insegurança, lixo amontoado e má iluminação", como descreve Maria, uma residente antiga da zona." [notícia integral]

sexta-feira, 2 de março de 2018

Jornal de Sintra - 2 de Março

A última edição do Jornal de Sintra destaca a realização da 7.ª edição do Periferias – Festival Internacional de Artes Performativas de Sintra, que decorre entre os dias 1 e 11 de Março. [edição em PDF]