terça-feira, 13 de março de 2018

'Água castanha invade praia do Magoito'

No Diário de Notícias: "Um manto de espuma acastanhada, que se misturou com a água e a areia da praia do Magoito, fez temer um novo desastre ambiental, à semelhança do sucedido no rio Tejo, na zona de Abrantes, no final de janeiro. Mas, afinal, tudo não passou dos efeitos da tempestade Félix associada a uma ETAR em más condições, que já provocou várias situações semelhantes. "A precipitação dos últimos dias e a sua intensificação este fim de semana com a chegada da tempestade Félix, originou um grande caudal de águas pluviais [da chuva]. Este fenómeno provocou o transbordar do tanque de contenção da ETAR do Magoito, o que levou as águas pluviais diretamente para o mar", explicou ao DN Rui Mateus, assessor do presidente da Câmara de Sintra, garantindo que o que aconteceu "nada teve que ver com descargas de esgotos mas com o transbordar do tanque de contenção da ETAR do Magoito". [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.