segunda-feira, 14 de maio de 2018

'Fogo posto na cela atira quatro guardas para o hospital em Sintra'

No Correio da Manhã: "Quatro guardas da cadeia do Linhó, Sintra, estão de baixa devido a dois episódios de violência. O primeiro caso ocorreu pelas 17h00 de sábado, quando três detidos encostaram os colchões à porta da cela e atearam fogo. Ao ouvirem os gritos de aflição dos reclusos, dois guardas tentaram abrir a porta, mas sofreram queimaduras nas mãos devido à elevada temperatura. Quando conseguiram abrir a porta da cela, um dos detidos escapou a correr e os outros dois foram encontrados inanimados no chão devido ao fumo, que também provocou o desmaio de um dos guardas." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.