quinta-feira, 31 de outubro de 2019

'Câmara de Sintra encerra nova fábrica de medicamentos em dia de inauguração por falta de licença'

No Observador (via Lusa): "A Câmara Municipal de Sintra encerrou esta quinta-feira uma nova unidade de produção de medicamentos estéreis injetáveis, durante a cerimónia de inauguração do espaço, impedindo a entrada de cerca de 75 convidados, devido à falta de licença de funcionamento. A nova unidade de produção de medicamentos estéreis injetáveis resulta da expansão da atual fábrica existente em Sintra, num investimento de cerca de 30 milhões de euros do Laboratório Hikma Pharmaceuticals, indicou a autarquia, referindo que foi “a falta de licença de utilização da unidade” que levou a equipa de fiscalização municipal a impedir a realização da cerimónia de inauguração, marcada para esta quinta-feira às 15h." [notícia integral]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.