quinta-feira, 17 de setembro de 2020

'Encerramento noturno de urgência obstétrica no Amadora-Sintra gera críticas'

No DN (via Lusa): "Épreocupante", afirmou à Lusa Alexandre Valentim Lourenço, assinalando que o Hospital Amadora-Sintra - que decidiu encerrar a urgência de Ginecologia-Obstetrícia durante o período noturno, a partir de segunda-feira, por falta de recursos humanos - "realiza muitos partos diários", uma vez que serve "uma população muito jovem". O médico obstetra assinalou, ainda, que a percentagem de grávidas infetadas com covid-19 nos concelhos abrangidos pelo hospital era, em agosto, a mais elevada da região Sul do país." [notícia integral] [notícia no JN]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os comentários devem observar as regras gerais de “netiqueta”. No âmbito da moderação em vigor, serão eliminadas mensagens ofensivas, difamatórias, xenófobas, pornográficas ou de cariz comercial.